Pages

Subscribe:

Labels

30 de set de 2009





Laramara – Associação Brasileira de Assistência ao Deficiente Visual é uma organização da sociedade civil que visa apoiar a inclusão educacional e social da pessoa com deficiência visual: cegos, baixa-visão ou múltipla deficiência.É um espaço de referência no trabalho em parceria com a família, escola e comunidade para a promoção do processo de aprendizagem e desenvolvimento da pessoa com deficiência visual.As ações da instituição incluem avaliação oftalmológica especializada, avaliação das necessidades educacionais especiais referentes à deficiência visual e atendimento específico de crianças e jovens vindos de todo o Brasil.
Promove a disseminação de conhecimentos e experiências na área da deficiência visual, desenvolvendo cursos especializados, seminários, encontros e conferências dirigidas a professores, profissionais da área, familiares e comunidade em geral.A busca por recursos pedagógicos e brinquedos adequados, o desenvolvimento e adaptação de materiais, métodos e técnicas inovadoras e um espaço físico acessível às necessidades da pessoa com deficiência visual e outros comprometimentos têm sido alvo de constante pesquisa.
Foi fundada, pelo casal Mara e Victor Siaulys, em 7 de setembro de 1991 e já recebeu cerca de 8000 usuários que se beneficiaram em algum programa da instituição.
Laramara foi agraciada, em 1995, pela Fundação Abrinq em reconhecimento pela preocupação da instituição de garantir o direito das crianças com deficiência visual de brincar e aprender de maneira lúdica e prazerosa.
Em 1996, 1997, 1998 recebeu o Prêmio Comunidade Solidária do Governo Brasileiro pela proposta realizada na preparação de jovens para o mercado de trabalho.Atualmente possui cerca de 700 crianças e jovens integrados em algum programa ou serviço na instituição.
Deficiência Visual


A visão é um sentido muito importante para o desenvolvimento humano e o que mais informações fornece sobre o ambiente. Por ela adquirimos mais da metade dos conhecimentos a respeito do mundo que nos cerca.

A formação da imagem visual deriva de uma rede integrada, da qual os olhos são apenas uma parte, envolvendo aspectos fisiológicos, sensório-motores, perceptivos e emocionais e todo o aparelho visual deve estar íntegro, para que a visão se processe normalmente.

A retina, camada interna do olho, possui uma rede de células nervosas, sendo a mácula o ponto central da visão, responsável pela melhor acuidade visual e pela nitidez das imagens. As informações da retina central e periférica são conduzidas pelas vias óticas ao cérebro, onde são interpretadas as imagens; qualquer problema no globo ocular, nas vias óticas ou regiões corticais levará à dificuldade visual.

Assim, é a coordenação entre o sistema visual e o cérebro que nos possibilita perceber e compreender o ambiente.

A educação da criança com deficiência visual deve considerar alguns fatores que podem ter influência, tais como: a fase da vida em que surgiu a deficiência, o tempo transcorrido desde a perda, a forma como ocorreu o problema, gradual ou subitamente.

A pessoa com deficiência visual pode ser cega ou ter baixa visão. Se a deficiência atingir um só olho, não se caracteriza a deficiência visual.

(Texto extraído do Manual – A inclusão do aluno com baixa visão no ensino regular – Orientações aos professores da escola regular. Uma publicação do Ministério da Educação/Secretaria de Educação Especial em parceria com Laramara, pág. 11, 2006)



CEGUEIRA
Do ponto de vista legal, a cegueira é caracterizada pela acuidade visual corrigida menor que 20/200 no melhor olho ou campo visual menor que 20º. Essa definição é usada para concessões de benefícios ou isenções. Já do ponto de vista educacional, consideramos pessoas cegas aquelas que apresentam desde a ausência total de visão até a perda da projeção de luz. Seu processo de aprendizagem se fará através dos outros sentidos (tato, olfato, audição, paladar), utilizando o Sistema Braille como principal meio de comunicação escrita.


BAIXA VISÃO
Segundo a OMS (Bancoc, 1992) uma pessoa com baixa visão é aquela que apresenta alterações na sua funcionalidade, mesmo após tratamento e/ou correção óptica, com acuidade visual menor que 20/70 até percepção de luz (sendo a normal equivalente a 20/20); campo visual inferior a 10% do seu ponto de fixação; alterações na sensibilidade aos contrastes e cores; dificuldade de adaptação à iluminação mas com capacidade potencial de utilização da visão para o planejamento e execução de tarefas. Para fins educacionais, adotamos a seguinte definição:As pessoas com baixa visão são aquelas que apresentam “desde condições de indicar projeção de luz até o grau em que a redução da acuidade visual interfere ou limita seu desempenho”. Seu processo educativo se desenvolverá, principalmente, por meios visuais, ainda que com a utilização de recursos específicos”. (SEESP/MEC, 2006)


Relações Institucionais e Visitas Monitoradas
A Diretoria de Relações Institucionais da LARAMARA visando apoiar e efetivar a inclusão da pessoa com deficiência visual no contexto social interage com as pessoas com deficiência e seu entorno; e também com a sociedade em geral, visando orientar sobre as possibilidades e potencialidades das pessoas com necessidades específicas para a sua inclusão social. Informa sobre serviços, técnicas e tecnologias disponíveis que viabilizam o tratamento em condições de igualdade, oportunizando a participação de pessoas com deficiência visual (habilitadas e/ou reabilitadas) nos processos seletivos existentes no mercado de trabalho (concursos públicos, serviços efetivos e temporários, prestação de serviços e etc).
A busca de Parcerias tem sido parte deste processo de empregabilidade, pois é entendida como uma via de mão dupla, onde há respeito mútuo e comprometimento, com uma visão comum.

Cada parceiro traz habilidades, experiências e interesses diferentes, porém complementares. Consideramos também fundamental as Parcerias Intersetoriais, 1º , 2º , e 3º Setores (Governo, Negócios / Empresas e Sociedade Civil Organizada / OnG’s), porque mobilizam uma base extensa de recursos e suporte; combinam competências únicas de cada setor produzindo soluções inovadoras; pode resolver questões complexas que exigem uma abordagem transversal (saúde, educação, direitos humanos, desenvolvimento tecnológico....); fomentam o aumento da diversidade dos arranjos institucionais e a criação de pontes, unindo as diferentes comunidades e construindo uma capacidade global de recuperação social; além de melhorar o acesso e a troca de informações.
Nossos Resultados comprovam que a sociedade melhor informada trabalha a diversidade sem tantos preconceitos. Temos uma média de 30 pessoas nas visitas monitoradas semanais (1.500 por ano - são: consultorias de RH; Empresas Públicas, Privadas, Mistas; Profissionais Liberais; Comerciantes; Universidades; Professores; Museus; Educadores; Estudantes; Voluntários; Pessoas com Deficiência e seus familiares, e amigos; Políticos e Comunidade em geral) .

Contamos com cerca de 100 empresas parceiras.

Temos mais de 300 alunos encaminhados para cursos de capacitação com bolsa integral ou pagamento simbólico para aqueles usuários de baixa renda; e 800 pessoas encaminhadas para o mercado de trabalho. Destes foram efetivadas 625 contratações de pessoas com deficiência visual , até Dezembro de 2008.
Felizmente, a cada dia, temos tido retornos favoráveis na participação da pessoa com deficiência visual nos processos seletivos e isto tem garantido a inclusão em várias empresas como:

Accenture, Aché Laboratórios, Allianz Seguros, Associação Comercial de São Paulo, Banco Bradesco, Banco Itaú, Banco Real, Canon, CPM Braxis, Credicard, Dedic Mobitel, Drogaria São Paulo, Gafor, Gelre, Hotel Grand Hyatt, Hotel Unique, HP, Indiana Seguros, IOB Thonson, Kellog’s, KPMG, Natura, Orbitall, Pró Saúde, Senac, Serasa, SESI, Siemens, TAM, TMS Telemarketing, TV Globo, Unicid, Varig, Vivo, Wal Mart, Whirlpool, Yamaha, entre outras.
Alguns de nossos parceiros

Associação Comercial de São Paulo; Instituto Vivo, SENAC e Sebrae; SENAI; SERASA ; WHIRLPOOL e muitos outros.

Seja você também um aliado nesta causa.

A LARAMARA abre suas portas para a comunidade.
Visitas Monitoradas todas terças-feiras às 14 horas, com duração de duas horas.
Agende com antecedência
(0xx11) 3660.6405 ou por e-mail:
acbarqueiro.ct@laramara.org.br


0 comentários:

Postar um comentário